Posts recentes


Comentários


Arquivos


Categorias


RSS RSS 2



Para a sua empresa: criptografia para preservar informações

Investir em segurança da informação é essencial para que sua empresa cresça e tenha um bom desempenho, tanto nas transações comerciais, trabalhistas e financeiras, quanto nas outras atividades relacionadas ao ramo de atuação. Informações e dados protegidos preservam os clientes e evitam problemas futuros ligados à organização e credibilidade.

A criptografia é o processo de codificação de uma mensagem que permite que esta seja apenas entendida pelo remetente original, e é feito através de cálculos matemáticos complexos, o que torna o conteúdo da mensagem indecifrável para alguém que não deveria ter acesso àquele conteúdo. Etimologicamente, a palavra é originária do grego, significa “escrita escondida” e é uma das melhores maneiras de preservar grandes quantidades de informações estratégicas e sigilosas.

Para manter a credibilidade do seu negócio, a preocupação com a segurança de informações deve ser uma prioridade, a fim de preveni-las contra ataques e vazamentos, uma vez que é muito comum a utilização de documentos e planilhas digitais nas realizações de serviços por empresas. Adotar um sistema de criptografia é essencial para que dados vitais fiquem restritos apenas para aqueles que podem acessá-los.

Há dois grupos de criptografia: um que utiliza chaves simétricas, ou seja, a mesma chave é usada tanto pelo emissor da informação, quanto por quem a recebe; outro que utiliza chaves assimétricas e trabalha com uma chave de decodificação pública – criada e enviada a quem for mandar determinada informação – e outra privada, secreta e elaborada apenas para a decodificação desta informação. Apesar de apresentar um rápido desempenho, o primeiro tipo não é recomendado para assegurar dados de extrema importância, sendo o segundo mais indicado para quem trabalha com grande circulação de elementos.

As opções de aplicação da criptografia são várias: drive, mídia removível, como USBs e CDs, dispositivos móveis (principalmente por trabalharem com grandes volumes de apps e acessos), arquivos e pastas armazenadas em desktops e Clouds, além de emails, um dos principais meios de comunicação online. Assim, neste último caso, por exemplo, a troca de mensagens entre equipes de uma mesma empresa fica sempre protegida e apenas acessível para pessoas autorizadas.

Mesmo diante de tantas inovações no ambiente digital, a vulnerabilidade nesse meio ainda é, constantemente, um tema que pede atenção e providências. Seja qual for seu tipo de negócio, é inegável a necessidade de adotar medidas de segurança para dados, informações e mensagens, de acordo com a demanda de serviço e porte da empresa.


Comentários

0
Não há comentários.